Líder ou Chefe? Já esta na hora de decidir qual você quer ser.

189
gp4us - Chefe ou Liderança

Em tempos de instabilidade econômica, muitos profissionais que ocupam cargos de liderança têm se perguntado que iniciativas devem tomar para atuar de forma mais ativa e eficaz nesse cenário. Muitos querem saber se, de fato, estão sendo apenas chefes com bom desempenho ou se estão atuando como um Líder eficiente para impulsionar suas empresas rumo à superação da crise.

Diante das mudanças tecnológicas, o mercado está cada vez mais competitivo, e o fator humano passa a ser o elemento mais importante da organização. Por meio dele é possível maximizar o uso de capital e consequentemente um aumento de produtividade, obtendo maior lucro.

Para isto se faz necessário a presença de um líder que irá conduzir, orientar e apoiar a equipe para que juntos alcancem maior produtividade para a empresa.

O líder deve saber fazer uso do capital e gerar, desenvolver e aplicar conhecimentos, métodos e tecnologias, notadamente às relacionadas com o ser humano, para que essas pessoas estejam motivadas para atingirem aos objetivos organizacionais por meio de comunicação frequente.

Fazer frente aos novos desafios organizacionais não tem sido tarefa fácil para ninguém, mas uma coisa é certa:

Gestores que possuam competências de liderança desenvolvidas passam a ser determinantes para o sucesso das empresas neste momento.

Líderes – e não chefes – compreendem que para a conquista de resultados é essencial saber lidar com maestria com seus subordinados, conduzindo e inspirando continuamente o time em prol dos objetivos da organização.

O êxito do líder deve-se em boa parte às metas que ele propõe e ao estímulo que ele oferece para a concretização delas.

Quanto mais ampla a visão do líder, mais longe o time poderá chegar – isso porque os desafios superados elevam a confiança dos envolvidos e os mantêm conectados ao desempenho da empresa como um todo.

Por esse motivo, é importante entender quais características incidem na percepção de cada perfil, e quais são as consequências que esses aspectos acabam trazendo para você, para seu time e para sua empresa.

Chefe x Líder

1-Você centraliza?

Dar ordens restritas e com tantas especificações que só você mesmo pode realizar, ou não reservar tempo para passar instruções que permitam que sua equipe possa realizar as tarefas solicitadas, é prejudicial para os resultados.

Dessa forma, toda responsabilidade fica centralizada no chefe, o que o impede de acompanhar a equipe, perdendo a oportunidade de desenvolver sua liderança, bem como as competências táticas e técnicas de seus colaboradores.

Tal modelo de liderança faz com que todos os resultados fiquem centralizados em uma pessoa só.

Sendo assim, a equipe pode se sentir desmotivada, o que é prejudicial tanto para o desenvolvimento do time quanto para os objetivos da empresa.

gp4us - Chefe ou Lider

2-Você abdica?

Essa é com certeza umas das mais inadequadas formas de coordenar ou gerenciar um projeto.

Isso porque, ao abdicar, o chefe passa certa ordem exigindo resultados, sem ao menos saber se a equipe está qualificada para realizar ou nem mesmo fazendo um acompanhamento do processo para averiguar se tudo está seguindo o planejamento, ou ainda pior, não sabe as especificidades do projeto, de forma que se torna impossível a delegação de tarefas assertiva e coerente com os prazos estipulados.

Ao abdicar essas e outras tarefas, o chefe se “livra” de toda a responsabilidade pelo andamento e resultado da tarefa solicitada, para que assim a culpa, caso algo dê errado, seja somente da equipe.

gp4us - Abdicar para liderar

3-Você delega?

Delegar tarefas é a maneira mais adequada para coordenar, gerenciar ou direcionar projetos.

Esse é um verdadeiro modelo de liderança, pois acompanha todo o processo de seus subordinados, vendo quais são seus pontos a serem melhorados, orientando no que é preciso e os apoiando para que possam compartilhar as responsabilidades, bem como os méritos pelos resultados.

Propiciando esse tipo de ambiente, o time estará confortável para interagir com seu líder e a sintonia entre os demais é plena, de modo que as tarefas são executadas da maneira mais qualificada possível.

Portanto, podemos dizer que quando um Líder desempenha seu papel com eficiência ele percebe sinais e age de forma rápida e decisiva, antecipando-se às mudanças, minimizando os riscos potenciais e otimizando as oportunidades que estão no bojo das grandes transformações globais.

É assim que os desafios dão origem às oportunidades.

E é assim que o líder passa a atuar num nível muito mais avançado e eficaz de liderança, o único capaz de torná-lo um protagonista à altura de um cenário pleno de desafios.

Eu defino líderes desse nível como líderes coach, pois são capazes de alavancar o potencial e elevar a performance do capital humano de uma organização.

gp4us - Delegar

Identificando seu líder interior

1 – Auxiliar a equipe a atingir seu potencial máximo, desenvolvendo-a de forma constante e apresenta alto desempenho nas entregas.

2 – Estimular o sentimento de parceria e de pertencimento entre colegas, pois o engajamento e sinergia entre colaboradores são pilares do seu trabalho.

3 – Motivar os funcionários estabelecendo confiança e comunicação inspira e motiva seus funcionários, estabelece empatia e adota a transparência no diálogo com todos.

4 – Criar alinhamentos entre os objetivos organizacionais e pessoais

O Líder ele sabe que para alguém desempenhar bem um trabalho precisa haver correspondência de valores junto à empresa que atua. Ele contribui nessa ligação.

5 – Gerar resultados positivos por longo prazo:

As pessoas não desmotivam, mesmo nos períodos de crise, e conseguem manter o alto desempenho das suas funções por longo prazo.

6 – Aprender novas habilidades e reconhecer que a liderança é um processo de aprendizagem:

O Líder não se acomodam e acreditam que o desenvolvimento contínuo é a única forma de sustentar uma atuação positiva, de alto impacto.

7 – Assumir as tarefas de definir metas visando à máxima performance

O Líder sabe que a zona de conforto é um perigo constante. Eles estipulam desafios às suas equipes visando sempre resultados de alta performance.

gp4us - Chefe ou Lider

Leitura: Como trabalhar para um idiota

O livro Como Trabalhar para um Idiota apresenta como construir uma carreira sem passar pela experiência de trabalhar sob as ordens de um chefe prepotente, perfeccionista, inseguro ou apenas incompetente.

Por mais que você faça, sempre haverá a situação de ter de se submeter a alguém a quem você nem sempre considera o modelo ideal.

Para deixar sua vida menos estressante, neste livro John Hoover examina todos os ângulos contidos nas hierarquias do mundo corporativo e todos os tipos de chefes que você pode encontrar pela frente.

Apresenta também ao leitor como lidar com cada um deles, prevenir e superar conflitos e, o mais importante, sobreviver a essa selva em que a vida no trabalho se transformou.

Acesso ao livro Como trabalhar para um idiota.

Testes Gratuito

Você pode facilmente e de forma gratuita realizar um teste on-line para identificar se você é um chefe ou um líder.  Acesse o teste clicando na imagem abaixo:

gp4us - Teste Chefe ou Lider

http://www.motivado.com.br/testes/testeliderouchefe.html

 

Liderança pelo exemplo

 

Referências Bibliográficas

  • Fonte: http://www.rh.com.br/
COMPARTILHAR
Artigo anteriorPNL aplicada ao gerenciamento de projetos
Próximo artigoPNL: Como aumentar o engajamento dos colaboradores – Parte I
Edson Miranda
Possui 27 anos de experiência no processo qualidade, cinco certificações ISO 9001, uma ISO/TS 16949 e vários projetos para melhorar a qualidade, aumentar a produtividade, eliminar desperdícios, reduzir custos, melhorar a organização, segurança e o relacionamento com clientes e fornecedores, e estou me especializando em energia limpa renovável e sustentabilidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Informe seu nome