Guia Scrum SBOK – Padronização das melhores práticas ágeis

Padronização das melhores práticas ágeis em Scrum

2
136
gp4us - Guia Scrum SBOK
O que você achou deste post?

Você já ouviu falar do Guia Scrum SBOK – Guia de Conhecimento das Melhores Práticas em Scrum?  Este foi desenvolvido pela equipe SCRUMstudy™ e se baseia nas melhores práticas da gestão de projetos ágeis como, por exemplo, Scrum. 

O Scrum é o modelo amplamente utilizada na indústria de software e se baseia em entregas rápidas de partes funcionais de um produto mais amplo.

Tal metodologia atualmente se baseia fortemente em projetos de tecnologia pode se acoplar ao PMBOK ou ao modelo Prince2 e trazer excelentes resultados para as equipes.

O Guia Scrum SBOK é fornecido para fins educacionais. SCRUMstudy™ou VMEdu, Inc. não garantem que este guia seja adequado para qualquer outra finalidade, não fazem nenhuma garantia expressa ou implícita de qualquer tipo e não assume nenhuma responsabilidade por erros e omissões.
 
Não se assume responsabilidade por danos acidentais ou consequentes relacionados com ou decorrente do uso das informações aqui contidas.
 
gp4us - Guia Scrum

Guia Scrum

O Guia Scrum SBOK fornece diretrizes para a implementação bem sucedida do Scrum, framework Ágil mais popular de desenvolvimento de produtos e entrega de projetos. 

Desenvolvido como um guia padrão para organizações e profissionais que desejam implementar o Scrum, baseia-se na combinação de conhecimento e introspecção obtidos a partir do estudo de milhares de projetos em várias organizações e indústrias. 

O objetivo da adoção do Guia Scrum SBOK é ajudar na padronização de como o Scrum deve ser aplicado a projetos em organizações bem como ajudar significativamente a melhoria sobre Retorno sobre o Investimento.

Também objetiva promover uma maior reflexão e deliberação sobre a aplicação do Scrum para muitos tipos de projetos, contribuindo para expansão e enriquecimento de conhecimento.

Guia SBOK - Melhores Práticas Scrum

Guia SBOK

1 – Introdução

  • 1.1 – Visão Geral do Scrum
  • 1.2 – Por que usar Scrum ?
  • 1.3 – Objetivos do SBOK™
  • 1.4 – Estrutura do Guia SBOK™
  • 1.5 – Scrum x O modelo tradicional de Gerenciamento de Projetos

2 – Princípios

  • 2.1 – Introdução
  • 2.2 – Guia de Papéis
  • 2.3 – Controle de Processos Empíricos
  • 2.4 – Auto-organização
  • 2.5 – Colaboração
  • 2.6 – Priorização baseada em valor
  • 2.7 – Time-boxing
  • 2.8 – Desenvolvimento iterativo;
  • 2.9 – Scrum x O Modelo Tradicional de Gerenciamento de Projetos

3 – Organização

  • 3.1-  Introdução
  • 3.2 – Guia de papéis
  • 3.3 – Papéis do Projeto Scrum
  • 3.4 – Dono do produto
  • 3.5 – Scrum Master
  • 3.6 – Time Scrum
  • 3.7 – Scrum em Projetos, Programas e Portfólio
  • 3.8 – Resumo das responsabilidades
  • 3.9 – Scrum x O Modelo Tradicional de Gerenciamento de Projetos
  • 3.10 – Teorias Populares de RH e suas relevâncias

4 – Justificativa do Negócio

  • 4.1 – Introdução
  • 4.2 – Guia de papéis
  • 4.3 – Entrega orientada a valor
  • 4.4 – Importância da justificativa de negócio
  • 4.5 – Técnicas da justificativa de negócio
  • 4.6 – Justificativa do Valor Contínuo
  • 4.7 – Confirmar a Realização de Benefícios
  • 4.8 – Resumo das Responsabilidades
  • 4.9 – Scrum x O Modelo Tradicional de Gerenciamento de Projetos

5 – Qualidade

  • 5.1 – Introdução
  • 5.2 – Guia de Papéis
  • 5.3 – Definição de Qualidade
  • 5.4 – Critérios de Aceitação e Backlog Priorizado do Produto
  • 5.5 – Gerenciamento de Qualidade em Scrum
  • 5.6 – Resumo das Responsabilidades
  • 5.7 – Scrum x O Modelo Tradicional de Gerenciamento de Projetos

6 – Mudança

  • 6.1 – Introdução
  • 6.2 – Guia de Papéis
  • 6.3 – Visão Geral
  • 6.4 – Mudanças em Scrum
  • 6.5 – Integração de Mudanças
  • 6.6 – Mudança em Portfólio e Programas
  • 6.7 – Resumo das Responsabilidades
  • 6.8 – Scrum x O Modelo Tradicional de Gerenciamento de Projetos

7 – Risco

  • 7.1 – Introdução
  • 7.2 – Guia de Papéis
  • 7.3 – O que é Risco ?
  • 7.4 – Procedimento no Gerenciamento de Riscos
  • 7.5 – Minimização de Riscos Através do Scrum
  • 7.6 – Riscos em Portfólios e Programas
  • 7.7 – Resumo das Responsabilidades
  • 7.8 – Scrum x O Modelo Tradicional de Gerenciamento de Projetos

8 – Iniciar

  • 8.1 – Criar a Visão do Projeto
  • 8.2 – Identificar o Scrum Master e Stakeholders
  • 8.3 – Formar o Time Scrum
  • 8.4 – Desenvolver o(s) Épico(s)
  • 8.5 – Criar o Backlog Priorizado do Produto
  • 8.6 – Conduzir o Planejamento da Release
  • 8.7 – Fase do Diagrama de Fluxo de Dados

9 – Planejar e Estimar

  • 9.1 – Criar e Estória do Produto
  • 9.2 – Aprovar, Estimar e Comprometer as Estórias de Usuários
  • 9.3 – Criar as Tarefas
  • 9.4 – Estimar as Tarefas
  • 9.5 – Criar o Backlog da Sprint
  • 9.6 – Fase do Diagrama de Fluxo de Dados

10 – Implementar

  • 10.1 – Criar os Entregáveis
  • 10.2 – Conduzir a Reunião Diária
  • 10.3 -Refinamento do Backlog Priorizado do Produto
  • 10.4 -Fase de Diagrama de Fluxo de Dados

11 – Revisão e Retrospectiva

  • 11.1 – Convocar o Scrum de Scrums
  • 11.2 – Demonstrar e Validar o Scrum
  • 11.3 – Retrospectiva do Scrum
  • 11.4 – Fase do Diagrama de Fluxo de Dados

12 – Release

  • 12.1 – Envio de Entregáveis
  • 12.2 – Retrospectiva do Projeto
  • 12.3 – Fase do Diagrama de Fluxo de Dados

Download

Acesse nossa Área de Downloads

 

Referências Bibliográficas

  • http://www.scrumstudy.com/
  • http://www.aurelius.com.br/gestao-de-projetos/guia-sbok-um-guia-para-o-conhecimento-em-scrum/
COMPARTILHAR
Artigo anteriorBacklog do Produto – Passo a passo como construir e priorizar
Próximo artigoMetas da Sprint, Release e Visão do Produto

e-mail: contato@gp4us.com.br
Gerente de Programas e Projetos na empresa Claro Brasil. Certificaçação PMP®, ITIL® e MCTS® em Microsoft Project. MBA Executivo Internacional em Gerenciamento de Projetos pela FGV e Gestão de Projetos de T.I. pelo IBTA. Pós-Graduado em Tecnologia WEB para Sistemas de Gestão Empresarial. Graduado em Ciências da Computação. Atuação profissional na área de T.I. com Processos e Projetos por mais de 15 anos.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Informe seu nome